Brasileiros em Portugal

Em Portugal se vive mais com menos

Portugal
Zaira Bosco
Escrito por Zaira Bosco

Cerca de 3 mil reais é o valor que deixaremos de gastar ao nos mudarmos para Portugal.

Esse é o valor aproximado que gastamos hoje considerando plano de saúde, gastos com um carro popular e estimativa de educação infantil.

No Brasil, trabalhamos quase 5 meses por ano para pagarmos impostos. Cerca de 20% do nosso salário é destinado ao imposto sobre renda, além de tributação sobre patrimônio e consumo. Esse último merece um destaque pela injustiça que causa: não importa quanto se ganha, o valor pago sobre serviços e produtos é o mesmo se você recebe um salário mínimo ou um salário de juiz. Essa é a nossa realidade. Pagamos em dobro porque não temos o retorno do que pagamos em serviços de qualidade. 

Para mantermos aqui um certo padrão de vida considerado confortável, mas sem exageros, temos de ter uma renda muito maior do que precisaremos em Portugal.

Isso acontece porque lá o modelo político se aproxima mais do Estado de bem – estar social. Ou seja, as pessoas são tributadas, mas valoriza-se o desenvolvimento de políticas sociais: os direitos sociais e econômicos dos cidadãos são valorizados e respeitados. Serviços como educação, saúde, transporte e serviços sociais são gratuitos ou subsidiados pelo governo. 

Esse tipo de Estado reflete uma sociedade mais justa e igualitária. Não há grandes diferenças de classe e de salários. Por isso, também respeita-se mais as pessoas e mesmo quem recebe um salário mínimo pode viver com dignidade.

Viver nesse tipo de sociedade requer que a gente pense em uma nova lógica, deixando de lado algumas regalias (em que outro país existe ascensorista de elevador? Manicure a preço de banana? Empregadas domésticas que dormem no trabalho?).

Minha família, particularmente, valoriza mais poder contar com transporte público de qualidade a expressar status com o carro do ano. E você? Pode parecer bobagem, mas abdicar desses pequenos luxos pode não ser para todos.

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail a contato@o-tuga.com | Imagem via Pixabay

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Zaira Bosco

Zaira Bosco

Colunista do O-TUGA, socióloga, adora escrever, se aventurar pela cozinha e pelo mundo. Ama desafios e escolheu se mudar para Portugal com a família. Sempre à procura da batida perfeita.