Brasileiros pelo Mundo

Fuja do óbvio! Que tal se hospedar em um Barco Hostel?

barco hostel
André Araujo
Escrito por André Araujo

Quando viajamos para algum destino, geralmente buscamos aventura e também um pouco de conforto (só um pouco, pra quem é mochileiro de plantão). Então nada melhor do que unir as duas coisas em um só lugar, transformando em diversão o que seria uma simples acomodação pra pernoitar.

Existem inúmeros hotéis inusitados ao redor do mundo, desde avião que se tornou hotel, prisão que virou hospedaria, aluguel de iglu, casa na árvore e por aí vai. Porém, uma modalidade de hostel há décadas tem feito sucesso na Europa e talvez não seja muita conhecida aqui – O barco hostel!

A ideia é bem interessante ou diria original, dois barcos de médio porte que foram adaptados para hospedar turistas do mundo inteiro. Quarenta e cinco quartos entre privativos e coletivos, da mesma forma também os banheiros, compõem o local, mesmo sendo pequeno, os quartos possuem uma aconchegante decoração e aquecimento.

Até acampar é possível na área externa do barco (no verão, claro) ancorado no rio Spree entre os distritos de Kreuzberg e Friedrichshain, ao longo da ponte Oberhaun.

A iniciativa neste segmento de acomodação já existe em alguns países da Europa, tais como: Holanda e Suécia. Porém, tornou-se mais popular em Berlim, talvez devido ao potencial turístico da cidade.

O barco hostel atrai um público mais jovem que busca experiências diferentes e econômicas na cidade mais cosmopolita da Alemanha. Além disso, ele esta próximo de um dos mais emblemáticos cartões postais do local: O muro de Berlim, que durante quase três décadas dividiu a Alemanha em Ocidental e Oriental.

Inaugurado em 1991, o barco hostel possui duas categorias de hospedagem divididas entre as alas Ocidental e Oriental numa alusão ao muro. Na categoria ocidental ficam os quartos mais baratos, sem roupa de cama incluída mas que pode ser alugada. Além disso, o barco hostel oferece café da manhã, recepção 24h, serviço de lavanderia, tendo ainda um bar onde viajantes bebem e curtem a bela paisagem do Spree.

O valor da diária varia conforme o nível de conforto (e privacidade) do quarto, sendo a partir de 16 euros em quarto/wc compartilhado. Nada mal pra dormir no balanço do rio em uma das regiões mais badaladas da cidade, a poucos metros do famoso muro e dos bares e boates que fazem de Berlim a cidade que nunca dorme.

Mais informações: Eastern-Comfort.

Imagem: Acervo de André Araujo

🙂 Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com


Comentários

comentários

Sobre o autor

André Araujo

André Araujo

Consultor em Turismo e Jornalista - Curte viajar para lugares comuns e incomuns, no interior do país ou exterior. Tem passagens pela América do Norte/Sul, África e Europa. Lema: Viajar enriquece mais do que alguns trocados!