Brasileiros pelo Mundo

Mochilão pela Cidade Luz – Paris

Mochilão pela Cidade Luz
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

E você, já pensou em fazer um mochilão pela Cidade Luz?

Um belo dia, estava eu andando rumo a minha casa em Dublin, e minha amiga Tatiana Jubilato (que mora no Brasil), me manda uma mensagem dizendo: “Lo, vou para Paris, vamos comigo?” Na hora meus olhos brilharam, claro! Afinal, se Paris era perfeita, imagina com uma amiga, uma best friend? Melhor presente? OMG! Eu não podia imaginar. Pois bem… quando dei por mim, estava fazendo check-in no aeroporto de Dublin.

Muitos sentimentos se misturavam naquele momento. Pura ansiedade vindo do meu lado mochileira que simplesmente ama viajar, e ao mesmo tempo, a ansiedade em encontrar uma querida amiga que fazia um tempão que não via… Nada podia estragar aquele momento!

Bom, nossa última mensagem antes de eu entrar no avião foi: “eu te encontro no hotel”. Sim, foi ai que a viagem começou na minha cabeça! Ficamos num hotel porque a Tati tinha fechado um pacote de viagem no Brasil com o hotel incluso, e para cada uma não ficar num canto de Paris, fechamos para mim no mesmo lugar.

Bom, depois de voar por 1h45”, finalmente cheguei ao aeroporto Charles De Gaulle. Agora? Correr para o hotel.

Ficamos hospedadas no Mary’s Hotel République.

O local era longe do aeroporto, mas compensava em ser bem ao lado da Estação de Metrô Oberkampf. Cheguei, e não encontrei a Tati, pois ela tinha saído para olhar a região enquanto eu não tinha chego. Nesse caso, fui conhecer o hotel e fazer check-in.

Um hotel simples que possuía o básico como recepção 24 horas, elevador (nem todos os prédios antigos da Europa possuem) e WiFi gratuito. Os quartos eram decorados com simplicidade, não tão grandes, mas eram bem agradáveis! Pisos de madeira, TV e banheiro privado com secador de cabelo (mandatório para não sair na rua naquele frio com o cabelo molhado). No hotel também tinha uma máquina de venda automática de bebidas que funciona 24 horas e eles serviam café da manhã todos os dias por um valor a parte. No nosso caso, como sabíamos que lá perto tinha um mini mercado do Carrefour, optamos passar no mercadinho todo dia pela manhã e comprar nosso café. Super economizamos e comemos super bem. Além do que, foi super legal porque a Tati tinha que praticar o francês em todos os momentos, né?! Eu ficava encantada em vê-la falar francês, que orgulho dessa menina! Já eu? A minha limitação era: “bonjour” (boa tarde) e “merci” (obrigada) 🙂

Bom, check-in mais que feito, Tati chegou e estávamos tão felizes que nem acreditávamos que estávamos na cidade luz. Simplesmente ainda não tinha caído a ficha…

Dai para frente, foi só passeios, risadas e diversão! Veja algumas dicas dos lugares por onde passamos:

IMPORTANTE: 

Quando entrarem nos sites abaixo, habilitem o botão de tradução automática, pois infelizmente nem todos possuem versão para a língua portuguesa.

Museu do Louvre

Confira as informações, preços e dias da semana que o Museu está aberto para visitação: Tour no Louvre.

A entrada está no valor de 15 euros, mas o museu distribuirá a todos os visitantes entrada gratuita ao Louvre a partir de todo primeiro Domingo entre os meses de Outubro à Março.

Portanto, programe-se e veja mais informações quanto a esse benefício: entrada livre. Inclusive, fiquem atentos aos eventos que estarão ocorrendo: principais eventos.

louvre 2

Torre Eiffel

Confira as informações, preços e dias da semana que a Torre esta aberta para visitação: Tour na Torre.

Torre Eiffel

Arco do Triunfo (essa hora começou a nevar!!! Foi muito legal!!!)

O valor é de 12 euros, mas existem taxas reduzidas para profissionais de turismo e excursão em grupo. Portanto, confira esses benefícios, além dos valores e dias da semana que o Arco do Triunfo esta aberto para visitação: Tour Arco do Triunfo.

Vale super a pena!!! A vista desse lugar é simplesmente incrível!!!

Arco do Triunfo

Basílica de Sacré Cœur

Confira as informações de quando a Basílica esta aberta a visitação: Tour Basílica.

Basílica de Sacré Cœur

Catedral de Notre-Dame

Confira as informações, preços e dias da semana que a Catedral esta aberta para visitação: Tour na Catedral (habilite tradutor automático).

Catedral de Notre-Dame

Andando até a Ponte Alexandre III – Cheia de querubins (do filme Meia Noite em Paris).

 Ponte Alexandre III 3

Galleria Lafayette

Confira as informações, preços e dias da semana que a Galeria esta aberta para visitação: Tour na Galeria (habilite tradutor automático).

Galleria Lafayette 2

Jardim de Luxemburgo e Jardin des Tuileries
jardim

Confira as informações, preços e dias da semana que o Jardim de Luxemburgo esta aberto para visitação: Tour no Jardim (habilite tradutor automático).

Moulin Rouge

Confira os valores do show: Tour no Moulin (habilite tradutor automático).

Moulin Rouge

Parc Monceau

Confira o horário de abertura: Tour no Parc (habilite tradutor automático).

Parc Monceau

Le Petit Prince

Lojinha incrível para quem quiser conhecer! – Site (habilite tradutor automático).

Le Petit Prince

Ahhh e ainda fizemos um city-tour bem legal!!! Presente que minha amiga me deu e eu AMEI!!!

city tour

Agora, vamos a mais algumas dicas….

Onde Comer?

Claro, eu te aconselho a aprovar um crepe (que seja de preferência de chocolate) e que seja no Trocadero, vendo a Torre Eiffel. Consegue imaginar um lugar melhor?

E as famosas baguetes? Eu gosto das que vendem num quiosque de madeira bem ao pé da Torre Eiffel. Esse quiosque também vende crepe e é uma perdição no cheiro e no sabor! A baguete é feita na hora, quentinha e deliciosa!

Ah, você não pode sair da França sem sentar num bom café, comer um croissant (com ou sem recheio) e de provar os deliciosos macaroons.

Uma coisa que você vai reparar….. Na França o que não falta são bistrôs! Então, aconselho que você ande a pé, passe na frente deles e entre no que mais te agradar! São tantos tão agradáveis de se estar com menus tão gostosos que seria impossível não se aventurar numa experiência gastronômica!

crepebaguetecafe parismacarronsbistroscroissant

Onde Fazer Compras:

Se você não quer gastar, sem problemas, mas você precisa conhecer a grandiosidade e glamour da Galleria Lafayette. Lá estão as lojas mais renomeadas de todos os tempos! Você vai amar ver desde as jóias, perfumes, sapatos, lindas roupas… tudo de muito bom gosto!

Transporte:

Uma dica… eu não acho que seja necessário alugar carro em Paris. Na minha opinião, a melhor forma de se locomover é andando e pegando o transporte público. O metro, pode de início parecer complicado, mas é super simples! Veja o mapa: metro.

Enfim, essa é a melhor das recordações de estar em Paris e super bem acompanhada!!!

Depois disso tudo, fomos para o aeroporto. A Tati ia continuar sua viagem pela Europa, e eu, voltar para a minha querida Irlanda 🙂

aeroporto paris

🙂

Saudades amiga!!!! E estou louca para dizer de novo: “eu te encontro no hotel”.

Até mais!

E como dizem os portugueses: Bjinhos, até logo, com licença… vá, vá, vá!!!

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!