Origens do Dia de Portugal & Comemorações

Sexta-feira à noite, depois de um dia longo de trabalho, checando as mensagens e postagens nas minhas redes sociais, me deparo com esta linda foto, que o Consulado Geral de Portugal em São Paulo divulgou em seu Instagram: o famoso Monumento às Bandeiras – popularmente conhecido como o ‘Empurra-Empurra’ – situado ao lado do famoso Parque do Ibirapuera, com as cores da bandeira portuguesa projetada neles! Que espetáculo!

Consulado Português no Brasil

Crédito Consulado Geral de Portugal em São Paulo – Instagram.com/consuladoportugalsp

Assim, reparo na descrição da foto: “São Paulo veste-se com as cores nacionais no dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, graças à parceria com a Prefeitura #experimentaportugal #portugalemsampa #10dejunho”.

Mas por que São Paulo está comemorando o Dia de Portugal? O que seria o Dia de Portugal?

 

Origens

Após a Proclamação da República Portuguesa no dia 05 de outubro de 1910, foi publicado um decreto estipulando os feriados nacionais, porém, muitos deles foram eliminados, especialmente os religiosos, a fim de diminuir a influência social da igreja católica e laicizar o Estado.

Havia um decreto de 12 de junho onde dizia que os ‘concelhos’ tinham a possibilidade de escolher um dia do ano que representasse as festas tradicionais e municipais, porém, com a entrada em vigor da Constituição de 1933, estas leis ficaram sem efeito.

Luís de Camões, visto como o gênio da pátria pelos republicanos, faleceu no dia 10 de junho de 1580. No 10 de junho de 1880, os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.

Contudo, somente com o Estado Novo, o regime instituído em Portugal em 1933, sob a direção de Antônio de Oliveira Salazar, 10 de junho começou a ser particularmente exaltado. Foi a partir desta época que o Dia de Camões começou a ser festejado em todo o país.

Até o dia 25 de abril de 1974, o 10 de junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça. A partir de 1963, o 10 de junho tornou-se numa homenagem às Forças Armadas Portuguesas, numa exaltação da guerra e do poder colonial. Com uma filosofia diferente, a Terceira República converteu este dia no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em 1978.

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é comemorado um pouco por todo o mundo. Uma vez que Portugal foi dono de colônias em cinco continentes, muitos luso-descendentes celebram este dia ao redor do mundo e o Brasil não poderia ficar de ‘lado’, uma vez que fomos uma de suas colônias!

 

Comemorações

Esta data é celebrada em todo o país, porém as Comemorações Oficiais são presididas pelo Presidente da República. Neste dia há concertos, exposições, desfiles, cerimônias militares, etc.

Todos os anos, o Presidente da República Portuguesa elege uma cidade para ser a sede das comemorações oficiais.

Em 2016, as comemorações oficiais decorreram, pela primeira vez, em duas cidades ao mesmo tempo, Lisboa e Paris (França); também sendo a primeira vez em que este dia fora celebrado numa cidade fora do país.

Neste ano de 2017, as comemorações serão na cidade de Porto e, para a nossa grande alegria e honra, no Rio de Janeiro e São Paulo (Brasil).

As comemorações ocorrerão primeiro na cidade do Porto e, depois, entre hoje à noite e amanhã, no domingo, junto das comunidades emigrantes e luso-descendentes de São Paulo e do Rio de Janeiro. Tanto o Presidente e o Governo salientam que este ano, no Brasil, o programa está centrado nas comunidades e na cultura portuguesa.

Até o momento, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, já confirmou a sua presença no programa das comemorações.

No evento desta noite de sábado, haverá uma receção à comunidade portuguesa de São Paulo, seguida com um espetáculo da fadista Gisela João, onde estará presente o prefeito da cidade de São Paulo, João Dória, tal como o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Quanto à representação institucional portuguesa, António Costa estará no Brasil, acompanhado pelos ministros da Defesa (Azeredo Lopes), da Educação (Tiago Brandão Rodrigues) e pelo secretário do Estado das Comunidades (José Luís Carneiro).

No final das comemorações, no final da tarde de domingo, no Rio de Janeiro, o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, voltará para Portugal, enquanto o seu primeiro-ministro iniciará visitas oficiais à Argentina e Chile, ficando dois dias em cada um destes países.

 

Comemorações no Porto

“Consulte a programação dos concertos e o programa das atividades militares complementares, bem como todos os condicionamentos de trânsito e estacionamento.”

 

Experimenta Portugal’17

O Experimenta Portugal é um evento apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura e pelo Consultado Geral de Portugal em São Paulo.

Até o dia 28 de Junho de 2017, São Paulo será palco das grandes comemorações portuguesas e você está mais do que convidado a participar!

A programação teve início no dia 21 de Maio, após o término do famoso evento paulistano – Virada Cultural -, com o show do fadista Camané no nosso magnífico Theatro Municipal de São Paulo.

Para obter mais informações sobre o evento, confira a programação abaixo:

Consulado Português no Brasil

 

 

Referências

Observador – Dia de Portugal  | RTP PT  | Porto24.pt

 

? Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Conteúdo | Imagem Consulado Português no Brasil e Pixabay

Caroline Eira
Tradutora freelancer e professora de inglês, paulistana, apaixonada pelos idiomas Inglês e Alemão, ama viajar e conhecer novos países, novas culturas e fazer novas amizades!

Comentários

comentários

Caroline Eira

Caroline Eira

Tradutora freelancer e professora de inglês, paulistana, apaixonada pelos idiomas Inglês e Alemão, ama viajar e conhecer novos países, novas culturas e fazer novas amizades!