“O que aprendi nesses 30 dias vivendo em Portugal”

O país é riquíssimo em natureza e lugares históricos, consegue manter sua cultura e tradição e evoluir no que é preciso.

As estradas são ótimas, a escola pública tem período integral e tem ótima qualidade.

É possível comer bem com 5€ , aprendi com eles a apreciar um delicioso pastel de nata com um café cheio a qualquer hora de dia, até mesmo a noite, em qualquer cafeteria que encontramos em todas as esquinas. Pelo menos onde eu vivo no Porto, as pessoas são extremamente educadas e simpáticas, especialmente com crianças.

Sim, as lojas e comércio fecham para o almoço até hoje e acho isso lindo!

Aqui é tudo na base do faça você mesmo, você compra o móvel e monta, você mesmo limpa sua casa, até no lava rápido é você mesmo que lava seu carro. Os portugueses dão valor a cada centavo fruto de seu trabalho, por isso, o pãozinho custa 5 centavos, um bom vinho do Porto podemos comprar por 5€ no mercado. Os pães são maravilhosos, os queijos, vinhos e doces, a comida é muito parecida com a brasileira e o tempero delicioso! Eles adoram carnaval, toda cidade tem o seu cortejo, festas nas paróquias e eles sabem o significado da quarta feira de cinzas, pois a educação católica aqui é bem presente.

Os parques são lindos, limpos e seguros , Portugal foi considerado o quinto país mais seguro do mundo em 2016 segundo a ONU. Eles aqui sabem muuuuuito sobre o Brasil, sinto muito que os brasileiros sabem tão pouco sobre o Portugal e tudo que se passa por aqui. A língua é outro atrativo, nos primeiros dias é engraçado, mas logo nos acostumamos e num piscar de olhos estamos a falar como eles! rsrs…

Este não é um país de riquezas, nem mesmo um país para se fazer dinheiro, é sim um país para viver a vida no ritmo português, apreciar um café, um vinho, um por do sol em casa, no parque ou na Praia… É um país para viver a vida apreciando os pequenos momentos e sentir a paz no coração.

O clima é ótimo, cada estação muito bem definida e o inverno bem tranquilo com uma deliciosa lareira em casa.

Não, não é chique morar na Europa, pelo contrário, aqui tudo funciona muito bem, temos estrutura e segurança, mas a vida é simples! Tomar vinho não é chique, comer queijo brie não é chique e Mc Donald’s custa só 3,50€….

Hoje percebo a benção que Deus me deu de conhecer e poder viver neste lugar, cada um tem uma prioridade na vida, a minha sempre foi ter uma vida de paz e segurança e aqui tenho isso e muito mais do que poderia pedir. Já me sinto em casa, tudo é tão acolhedor, fácil, pratico, que a adaptação é muito rápida e parece que cá estou há uns 3 meses…

A distância só nos mostra quem realmente se importa contigo, é uma bela prova para conhecer seus verdadeiros amigos e na vida só precisamos mesmo de verdadeiros amigos, não é?

Agradeço a Deus Pai, a Maria Desatadora que olham por mim e minha família e que nós possamos viver intensamente essa benção, que a Gabi cresça independente, andando de trem, metrô e ônibus…

Aos amigos e familiares no Brasil só tenho a dizer que minha casa estará sempre aberta a todos que queiram conhecer este pequeno, mas belo país chamado Portugal!

#VidaNova #30DiasPortugal #Gratidão

Sabrina Gimenez

» DEPOIMENTOS: Se você tem uma história legal sobre um intercâmbio, viagem, férias prolongadas,… não deixe de nos contar!!! Adoramos acima de tudo receber dicas de lugares e suas curiosidades!!!

» FAMÍLIA DE VIAJANTE! – Quer fazer uma homenagem ao seu parente que resolveu se aventurar por esse mundão a fora? Mande para nós o seu texto com uma foto e fazemos questão de publicá-lo!!! A cada dia, uma história mais emocionante que a outra!!!

o-tuga
Essa publicação foi uma contribuição de um de nossos seguidores. Quer ver a sua história por aqui também? Mande-nos um e-mail e teremos o prazer em compartilhá-las.

contato@o-tuga.com

Comentários

comentários

o-tuga

o-tuga

Essa publicação foi uma contribuição de um de nossos seguidores. Quer ver a sua história por aqui também? Mande-nos um e-mail e teremos o prazer em compartilhá-las. contato@o-tuga.com