Dia-a-dia

Torres Vedras conta com centro de interpretação da presença judaica – Portugal

Presença Judaica Torres Vedras Portugal
Anna Maria Salustiano

Arqueologicamente, a presença de judeus em Portugal está confirmada desde o século II, encontrando registros que documentem a presença, no século X. Nesta época, já existiam comunidades notáveis nas principais cidades.

No reinado de Dom Afonso Henriques, por exemplo, aparecem vários judeus ligados à Corte, com destaque para o rabi-mor Yahia Aben-Yaisch.

 

Presença Judaica Torres Vedras Portugal

 

Desde cedo, Portugal reconheceu e organizou a liberdade comunitária judaica. Comunidade essa que vivia sob a tutela e proteção régia, através de um rabi-mor designado pelo rei. Mesmo com a organização, os judeus tinham maiores obrigações fiscais que os cristãos e estavam privados de alguns direitos.

Era lhe permitido ter atividades comerciais, financeiras e artesanais. Alguns conseguiram altos cargos públicos, uns tantos resolveram se dedicar à ciência e às artes, com ênfase na medicina, astronomia e astrologia.

Os judeus portugueses viviam nas áreas urbanas, em judiarias ou alfamas, integrando-se à vida bairrista e cumprindo as normas pré-estabelecidas. Passado o tempo, algumas judiarias foram fechadas, como resultado das medidas segregacionistas das monarquias.

Os registros dos séculos XIV e XV mostram que a população judaica quintuplicou, devido às imigrações causadas pelas expulsões em Inglaterra, França, Aragão, Catalunha e Castela.

Em Torres Vedras, aldeia de Portugal que até hoje, é conhecida pela influência judaica, registra referências da segunda metade do século XIII e nos dizem que a comunidade era bem organizada, estruturada em relação ao poder régio e próspera, o que nos leva a pensar que antes da fundação do reino já existiam judeus no local.

Os primeiros que se tem notícia foi um casal, Moisés e Aviziboa que foram citados em uma escritura no ano de 1269. Mas a primeira menção a comunidade só se deu sete anos depois.

 

Presença Judaica Torres Vedras Portugal

 

Breve História

Judeu é um povo nômade e semita, que segundo as escrituras, descende da tribo de Judá, uma das 12 tribos de Israel, cujo patriarca é Abraão.

Com a expansão do Império Romano, por volta do século I, o cristianismo foi considerado a religião oficial do império, o que levou a marginalização e a diáspora dos judeus para o Oriente, África e Europa.

Para quem ficou interessado, o Centro de Interpretação da Presença Judaica, enquadra-se no projeto, Rota Sefarad: valorização da Identidade Judaica no Diálogo Interculturas e está localizado no Largo Coronel Morais Sarmento, ao pé do Castelo de Torres Vedras.

 

Mais informações

Telefone da Câmara Municipal de Torres Vedras: 261 310 400

 

😉 Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Imagem via autora

Comentários

comentários

Sobre o autor

Anna Maria Salustiano

Anna Maria Salustiano

Amante da música, de leituras, viagens, energias boas, de afeto e amor, Anna é do mundo. Pernambucana, brasileira e cheia de sotaque, resolveu estudar e passar um tempo em Portugal, na terra em que tudo é um bocadinho.