Dia-a-dia

Workshop: A Língua Gestual Portuguesa

Língua Gestual Portuguesa
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

No dia 11 de Fevereiro de 2017, irá decorrer um Workshop sobre a Língua Gestual Portuguesa, com cerca de 4 horas, no Espaço pegadas, realizado pela formadora de LGP, Catarina Martins.

Este workshop tem o objetivo de divulgar e a aproximar a comunidade ouvinte há comunidade surda.

A Língua Gestual Portuguesa (LGP) é a língua gestual através da qual grande parte da comunidade surda, em Portugal, comunica entre si. É processada através de gestos sistematizados e a sua captação é visual. Esta língua é produzida pelos movimentos das mãos, do corpo e por expressões faciais, tendo vocabulário e gramática própria. Sendo a Surdez uma realidade dentro e fora de escolas, o workshop, além de informar vem revelar um pouco da cultura surda e da forma de comunicar com as pessoas Surdas.

O workshop estará divido em 2 parte, sendo a primeira parte teórica e a segunda parte prática. Na primeira parte, aos Formados serão fornecidos conceitos tais como: o que é a Língua Gestual, a LG é ou não Mundial, as características da LGP, diz-se Língua ou Linguagem, a LGP enquanto Língua, a Gramática e Linguísticas (dicionário e Gestuário), diz-se surdo ou Surdo-Mudo,  o que é ser Surdo, como abordar uma pessoa surda, LGP como meio de comunicação, a LGP como 1ª e/ou Língua materna para o Surdo,  as dificuldades da pessoa surda no mundo ouvinte, o Singwritng. (livro), as Associações de Surdos e profissionais docentes e Intérpretes da LGP e as Tecnologias.

Na segunda parte do workshop será vocacionada essencialmente para a parte prática do uso da Língua Gestual Portuguesa. Aos formados será ensinado o um pré-básico da Língua, tais como: o alfabeto Gestual da LGP, o nome gestual, Gestos Básicos cumprimentos entre outros e na parte final uma simulação prática em grupos.

É esperado que no final do workshop os formados sejam capaz de realizar pequenos diálogos, formas de cumprimentos em LGP e conhecimento da cultura e da comunidade surda.

Os desafios que nos chegam são a nossa grande motivação. Do design à dimensão ou ao texto a utilizar, a personalização e criatividade são as palavras de ordem. Tudo para que o resultado final corresponda ao idealizado e os animais sejam fielmente retratados aos olhos de quem mais lhes quer bem!

Até mais!

Imagem e contéudo via Espaço Pegadas

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!