Entretenimento

Exposição “Silêncio” de Jacinto Luís

“Silêncio” de Jacinto Luís
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

“Silêncio” de Jacinto Luís – Os visitantes do Casino Estoril podem observar, até ao próximo dia 15 de Maio, a exposição “Silêncio”, da autoria de Jacinto Luís.

Trata-se de uma exposição individual de pintura que está em destaque na Galeria de Arte.

Uma das maiores qualidades deste autor é a coerência da sua carreira. Boa pintura, técnica invulgar e peculiares composições, transformando objectos que lhe são familiares, um jarro de cerâmica, uma pequena caixa de madeira, algumas peças de fruta, uma toalha de linho ou as suas inconfundíveis estantes em indiscutíveis e qualificadas obras de arte. A sua temática é muito rica, sendo também uma referência na sua carreira os quiosques lisboetas e as paisagens urbanas de Lisboa, Porto, Macau e outras cidades, com um cromatismo específico de fundos de tonalidades escuras e fortes, grandes espaços citadinos, manchas verdes de arvoredos, monumentos e edifícios.

Jacinto Luís é um dos mais internacionais artistas portugueses, tendo realizado exposições individuais ou participado em colectivas, sempre em prestigiados espaços, em Paris, Miami, Barranquilla (Colômbia), Genebra, Macau, Antuérpia, Bruxelas, Lund (Suécia), Montrouge (França), Lion, Antibes, Washington, Nova Iorque, Providence, Porto ou Lisboa.

O Casino Estoril acolhe, até ao próximo dia 15 de Maio, a exposição “Silêncio”, da autoria de Jacinto Luís. Esta mostra individual está patente ao público, todos os dias, das 15 às 24 horas.

Por imperativo legal, o acesso aos espaços do Casino Estoril é reservado a maiores de 18 anos.

Aproveite o evento e até a próxima!

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail a contato@o-tuga.com | Conteúdo – Imagem via Gabinete de Imprensa Casino Estoril|Lisboa.

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!