Gastronomia Portuguesa

Bacalhau à Vista! – A tradição do Bacalhau em Portugal

Bacalhau em Portugal
Caroline Eira
Escrito por Caroline Eira

Toda vez, numa conversa, quando eu abordo sobre a culinária portuguesa, o quanto que ela é saborosa e diversificada, sempre ouço aquele tipo de comentário: “Mas em Portugal, só se come bacalhau!”

Sim e não…! Deixe-me explicar: Sim, os portugueses consomem bastante bacalhau, mas eles não consomem somente o bacalhau.

Aí, me perguntam: “Mas o bacalhau é um peixe típico da região?”

Na realidade, é conhecido e consumido por muitos países europeus e isto não é de hoje!

Por exemplo, há registros de fábricas de processamento de bacalhau na Islândia e na Noruega, já no século IX.

Podemos ir mais além?

Os Vikings, por exemplo, já consumiam este famoso cardume.

Conseqüentemente, segundo alguns historiadores, os Vikings colocavam o peixe para secar ao ar livre.

O peixe perdia um quinto do seu peso e endurecia.

Os Vikings podiam consumir aos pedaços, ao longo de suas longas viagens em alto mar.

Quanto ao mérito de comércio de bacalhau, temos que atribuir aos bascos.

Eles conheciam muito o sal e, segundo alguns registros do ano 1000, eles já realizavam o comércio de bacalhau curado, salgado e seco.

Quanto à Portugal, a prática da pesca de bacalhau era predominante até o século XVI, quando, por interesse da Coroa Portuguesa, o país começou a ser abastecido pelo ‘bacalhau inglês’.

Com resultado, o advento do Estado Novo, o bacalhau era muito caro e havia muitos problemas no abastecimento do peixe.

Fora criada a Campanha do Bacalhau, que tinha como objetivo aumentar a produção interna, a fim de diminuir a necessidade da importação do peixe.

Algumas décadas depois, mais de oitenta por cento do consumo do bacalhau em Portugal vêm da sua própria produção interna.

Além disso, já no Brasil, o hábito de consumir bacalhau vem desde a época do descobrimento.

Por muitos e muitos anos, o bacalhau era um prato barato e muito comum nas casas brasileiras, geralmente consumidos nas sextas-feiras, em dias santos e nas festas das famílias.

Depois da Segunda Guerra Mundial, com a escassez e com o acréscimo do preço do bacalhau, até o perfil do consumidor mudou.

O bacalhau passou a ser consumido e servido em datas especiais, ou seja, em festas cristãs, como o Natal e a Páscoa.

Logo, você me perguntará: “Então, quando eu chegar em Portugal, o prato de bacalhau que eles consomem é o mesmo que consumimos no Brasil?”

Bom, como neta de português, posso dizer que o bacalhau sempre foi um prato presente na minha família, desde os almoços familiares como nas datas comemorativas.

A forma que preparamos e os acompanhamentos que temos para o bacalhau não são os mesmos que vimos enquanto viajamos por diversas cidades portuguesas, em todas as regiões de Portugal.

Acredito que as receitas tenham sido adaptadas, modificadas ao longo dos anos, séculos e gerações, dentro da nossa realidade brasileira, com os nossos ingredientes e temperos – que é algo tão nosso!

E isso, ao meu ver, é muito enriquecedor porque temos a oportunidade de degustar e apreciar mais este peixe tão único, em diversas maneiras.

Tipos de Bacalhau em Portugal

Porém, saiba que ao chegar em Portugal, a lista de pratos preparados com bacalhau é extensa! Por exemplo:

  • Açorda de Bacalhau;
  • Arroz de Bacalhau Malandrinho;
  • Bacalhau à Biscainha;
  • Bacalhau à Brás;
  • Bacalhau à Gomes de Sá;
  • Bacalhau à Lagareiro;
  • Bacalhau à Lelo;
  • Bacalhau à Margarida da Praça;
  • Bacalhau à Minhota
  • Bacalhau à Narcisa;
  • Bacalhau à Zé do Pipo;
  • Bacalhau com Broa;
  • Bacallhau com Natas;
  • Lagueirada de Bacalhau, entre outros.

Além das várias opções de pratos, vale lembrar que o bacalhau é um peixe muito nutritivo, de fácil digestão e rico em: fósforo, cálcio, zinco e magnésio.

Cidade Ílhavo

Agora se você, assim como eu, gosta da combinação ‘Culinária + Viagens’, então, não deixe de visitar a cidade de Ílhavo.

A cidade de Ílhavo fica no centro de Portugal, próxima ao oceano e tem uma ligação muito especial com o bacalhau.

Além do que, ela tem um museu destinado à este delicioso peixe: Museu Marítimo de Ílhavo, com o seu famoso Aquário de Bacalhaus, que nada mais é do que uma parada obrigatória!

Além disso, no mês de Agosto, ocorre o Festival do Bacalhau, lá na cidade de Ílhavo, com diversas atrações musicais, palestras, além de pratos que dão água na boca!

Já anotou na agenda? Programe-se e bom apetite!

Até mais!

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube
  • Gostaria de mais informações sobre como morar legalmente em Portugal? Se sim, entre em contato!
  • Leu a matéria e gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Se sim, entre em contato!

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Caroline Eira

Caroline Eira

Tradutora freelancer e professora de inglês, paulistana, apaixonada pelos idiomas Inglês e Alemão, ama viajar e conhecer novos países, novas culturas e fazer novas amizades!