Mochilando

Palácio Nacional da Ajuda – Lisboa, Portugal

Palácio Nacional da Ajuda
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

Iniciado em 1795, o Palácio Nacional da Ajuda foi residência oficial da família real portuguesa durante o reinado de D. Luís I. É o único palácio visitável em Lisboa que ainda conserva a disposição e decoração das salas ao gosto do séc. XIX. Com vistas excepcionais sobre o rio Tejo, integra as mais importantes coleções de artes decorativas: mobiliário, tapeçarias, porcelanas, vidros, ourivesaria, joalharia e fotografia antiga e ainda de pintura e escultura dos séculos XVIII e XIX.

O Real Paço de Nossa Senhora da Ajuda, iniciado em 1796, veio substituir a Real Barraca, palácio mandado construir em madeira por D. José I, após a destruição do Paço da Ribeira no terramoto que assolou Lisboa em 1755.

Edifício neoclássico, foi residência da família real portuguesa desde o reinado de D. Luís I (1861-1889) até ao final da Monarquia em 1910, sendo hoje o único palácio visitável em Lisboa que ainda conserva, de um modo fidedigno, a disposição e decoração das salas ao gosto do séc. XIX.

No piso térreo, o público pode visitar os aposentos privados dos monarcas tal como eram no tempo de D. Luís e D. Maria Pia e, no andar nobre, as salas de recepção e das cerimônias de Estado, entre elas a Sala do Trono (foto principal dessa matéria).

Situado estrategicamente no alto da colina da Ajuda, com uma vista excepcional sobre o rio Tejo, o Palácio Nacional da Ajuda integra importantes coleções de artes decorativas dos séculos XVIII e XIX: ourivesaria, joalharia, têxteis, mobiliário, vidro e cerâmica, bem como coleções de pintura, gravura, escultura e fotografia. Hoje, a Presidência da República realiza aqui importantes cerimônias de Estado.

Sala das Senhoras

Palácio Nacional da Ajuda

Sala de Jantar da Rainha

Palácio Nacional da Ajuda

Sala D João VI

Palácio Nacional da Ajuda

Sala dos Grandes Jantares

Palácio Nacional da Ajuda

Sala de Mármore

Palácio Nacional da Ajuda

Tronos

Palácio Nacional da Ajuda

Localização

Como chegar

O Palácio da Ajuda situa-se no alto da Calçada da Ajuda, rua que liga a zona da Ajuda a Belém. O estacionamento é fácil nas imediações, nomeadamente no Largo da Torre a dois minutos do Palácio.

Transportes

Carris: 18; 729; 732; 742; 60. CP (linha do Estoril): Estação de Belém.

Ingresso

5,00 Euros

Horários

10h00 -17h30, excepto à 4ª feira, 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de Maio, 25 de Dezembro

Por motivos ou acontecimentos imprevistos, o presente horário poderá sofrer alterações que serão divulgadas e afixadas nos locais próprios.

Acessibilidades

O Palácio possui cadeira de rodas disponível, um trepa escadas e uma rampa desmontável. Existe também um elevador para o acesso ao piso superior e instalações sanitárias próprias para cadeira de rodas.

Gratuito

Domingos e Feriados das 10:00h às 14h00

Idade inferior a 14 anos

Sócios de: APOM, ICOM,  Academia Nacional de Belas Artes, Academia Portuguesa da História e Academia Internacional da Cultura Portuguesa

Investigadores, jornalistas e profissionais de turismo no desempenho das suas funções

Professores e alunos de qualquer grau de ensino

Mecenas Institucionais do Monumento

Membros de Associações de Amigos dos Palácios

Funcionários do IMC e serviços dependentes do IMC

Portadores de cartões pré comprados Lisboa Card (jovens e adultos nas modalidades 24,48, ou 72 horas)

Descontos

(documento comprovativo obrigatório)

Desconto de 60%

Portadores de Cartão Jovem

Desconto de 50%

Visitantes com mais de 65 anos

Bilhete de Família (famílias com 2 ou mais filhos menores de 18 anos – 50% de desconto sobre o preço do bilhete de um dos pais acompanhantes)

Bilhete de Grupo

100 a 200 bilhetes – 5% de desconto

200 a 500 bilhetes – 10 % de desconto

Mais de 500 bilhetes – 20 % de desconto

Loja

Situada na sala dos Archeiros, a loja do Palácio Nacional da Ajuda apresenta ao público peças exclusivas, réplicas de qualidade de objectos das nossas coleções e de outros Palácios e Museus Nacionais. Encontram-se também à venda produtos inspirados em obras e motivos deste Palácio, bem como artigos inovadores, feitos por artesãos e artistas contemporâneos, inspirados nas nossas coleções. As publicações do Palácio Nacional da Ajuda, e de outros Palácios e Museus Nacionais, são também uma proposta aliciante.

 


Sugestão de matéria para leitura: 1º Domingo do Mês: Museus gratuitos em Portugal

“Lugares para visitar em Lisboa?”, lembre-se dessa matéria e você terá a resposta do que fazer em Lisboa e que tipo de turismo Lisboa poderá proporcionar!

Faça o seu roteiro turístico para conhecer os principais pontos turísticos. Coloque o Palácio Nacional da Ajuda em sua lista e bom passeio!

 

😉 Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Conteúdo / Imagem via Henrique Ruas/PNA/DGPC, Palácio Nacional da Ajuda.

Publicado em 01/05/2017 e atualizado em 03/05/2017

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!