o-tuga na cozinha

Bola de Berlim – Portugal

Bola de Berlim Portugal
Caroline Eira
Escrito por Caroline Eira

Quinta-feira de frio e de chuva em São Paulo! Perfeito para ficar em casa, assistindo televisão, tomando uma bebida quente com alguma guloseima! Nesta época do ano, quem é que não gosta de tomar um lanchinho no meio da tarde, para dar aquele ‘ânimo’? Bom, se você mora em São Paulo, uma das delícias que você pode encontrar na padaria mais perto de sua casa ou de seu trabalho, é o Sonho! Sabia que temos um doce parecido com ele em Portugal? Sim, e hoje falarei sobre este doce: Bola de Berlim.

A Bola de Berlim (português de Portugal) ou Sonho (português do Brasil) são bolos bem parecidos com o Berliner alemã. Diferente do Berliner (que tem como recheio frutas vermelhas), a Bola de Berlim é recheada com um creme pasteleiro.

Vamos conhecer um pouco destas delícias?

 

Bola de Berlim ao redor do mundo

O Berliner Pfannkuchen (bolo berlinense de frigideira), Berliner Ballen (bola de Berlin) ou Berliner (berlinense) são alguns dos nomes dados à este bolo delicioso. Caracterizado pelo generoso recheio de compotas de fruta, você também encontrará este bolo com recheio de chocolate, champanhe ou com licor advocaat – ou simplesmente, sem recheio.

Na Áustria, são conhecidos como Krapfen, Bismarck (em homenagem ao chanceler alemão Otto von Bismarck) e como Cruller – em algumas regiões. Na Itália também são conhecidos como Krapfen, mas em algumas regiões, também são conhecidas como Bombas ou Bombolone.

Já na Eslovênia, ela é conhecida como Krof. Na Croácia, Bósnia e Herzegovina e Sérvia, ela é conhecida como Krafne. Em países de língua inglesa, ela é conhecida como Doughnuts, também recheadas com compotas. Nos Estados Unidos, também são conhecidos como Bismarcks e na Austrália como Berliner.

Em Israel, elas são conhecidas como Sufganiyah e são consumidas na festa judaica de Chanucá (Hanukkah).

Na América do Sul, em países como Argentina e Uruguai, elas são conhecidas como Borlas de Fraile, sendo recheadas por diversos doces, acompanhada do chimarrão.

 

Bolas de Berlim em Portugal

As Bolas de Berlim chegaram até Portugal durante a Segunda Guerra Mundial, quando muitas famílias judaicas se espalharam pelo mundo, buscando refúgio em outros países.

 

 

Peça Bolinhas de Berlim pelo seu celular!

Este bolo é um dos mais vendidos em Portugal e é muito comum ver as pessoas consumindo nesta época do ano, no verão português, nas praias.

A novidade é que você pode consumir um Bolo de Berlim pedindo o mesmo através de uma aplicativo.

A invenção é de uma empresa de software algarvia que desenvolveu uma app que permite que um consumidor chame um vendedor através da aplicação. E há muita gente fazendo pedidos por celular. Isso mesmo! Conheça o aplicativo Bolinhas.com:

 

 

E anunciado no Diário de Notícias, já há rumores que as Bolas de Berlim vão atravessar o Atlântico: “Aplicação para bolas de berlim na praia atravessa o Atlântico”. Inclusive, as Bolas de Berlim também foram destaque na página do The Guardian: “vendem-se que nem pãezinhos quentes”.

 

Ficou com vontade? Então, anote a receita original:

 

O-TUGA NA COZINHA

 

Ingredientes
  • 1 limão em raspa
  • 1 pitada sal
  • 80 gr manteiga
  • 1 kg açúcar
  • 2 gema(s) de ovo
  • 2 dl leite
  • 30 gr fermento de padeiro
  • 500 gr farinha de trigo

 

Modo de preparação
  1. Desfaça o fermento de padeiro com um pouco de leite e 1 colher (sopa) de açúcar.
  2. Misture tudo bem e deixe levedar à temperatura ambiente por cerca de 30 minutos.
  3. Peneire a farinha para um recipiente; faça-lhe um buraco no meio e deite aí a mistura do fermento que tinha ficado a levedar.
  4. Junte o resto do leite, açúcar, manteiga, gemas, sal e raspa de limão.
  5. Amasse bem até que a massa se despregue das mãos e das paredes da tigela. Deixe levedar de novo por cerca de 30-40 minutos.
  6. Depois estenda a massa numa bancada enfarinhada com o rolo da massa de modo a que fique com cerca de 2 cm de altura e corte rodelas com cerca de 8 cm de diâmetro.
  7. Deixe levedar mais um pouco e depois frite-as em óleo quente por cerca de 10 minutos.
  8. Escorra-as e polvilhe com açúcar enquanto ainda estão quentes. Poderá ainda rechear com creme pasteleiro.

 

Assista mais uma receita de Bolas de Berlim:

 

😉 Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Comentários

comentários

Sobre o autor

Caroline Eira

Caroline Eira

Tradutora freelancer e professora de inglês, paulistana, apaixonada pelos idiomas Inglês e Alemão, ama viajar e conhecer novos países, novas culturas e fazer novas amizades!