Ovos Moles de Aveiro – Portugal

…”São seis barrilinhos d’ovos moles de Aveiro. É um doce muito ‘chic’, é uma delícia, até conhecido lá fora?” Eça de Queiroz, na sua obra “Os Maias”.

Ovos moles é um doce super gostoso e bem tradicional da cidade de Aveiro em Portugal.

Como a maior parte dos doces tradicionais portugueses, o doce tem origem conventual. Trata-se de um doce regional, cuja a produção começou a ser feita pelas freiras dos vários conventos existentes até ao século XIX.

Muitas empresas se dedicam à confecção dos Ovos moles de Aveiro, com isso, a tradição se mantém nos dias de hoje. Os tradicionais ovos moles são envolvidos numa hóstia feita de massa de farinha de trigo e moldada em vários formatos que remetem elementos marinhos.

 

Segundo a Maria da Apresentação da Cruz:

“Reza a lenda que uma freira do Convento de Jesus, estando em jejum forçado porque foi castigada pela madre superiora por ter cometido o pecado da gula, resolveu desobedecer, dedicando-se à mistura de ovos com grandes quantidades de açúcar. Tendo sido apanhada em flagrante, escondeu, repentinamente, a mistura na massa das hóstias que estava sobre a mesa. No dia seguinte, julgou-se ter havido um milagre, porque apareceu na portaria um doce tão perfeito que só poderia ter sido enviado por Deus.”

 

Já a Confeitaria Peixinho menciona:

“Há ainda outra história que conta que era comum na época as pessoas presentearem as religiosas com galinhas. As claras dos ovos eram usadas para engomar as roupas e, como não havia uso para as gemas – que tinham um prazo de validade muito curto-, descobriu-se que, ao adicionar-lhes açúcar, o seu prazo de validade aumentava consideravelmente.”

 

O-TUGA NA COZINHA

 

Ficou curioso? Veja abaixo um vídeo de como os ovos moles são produzidos e prove essas delícias caso ainda não esteja em Portugal:

 

 

Essa mistura feita para se criar o ovos moles são utilizadas no recheio de outros doces, veja alguns exemplos que provamos na Pastelaria Trincana de Aveiro:

 

Ovos Moles de Aveiro

 

Não deixe de visitar Aveiro sem provar essas delícias! Vale super a pena!

 

 

E então, ficou bom? 

Conte para nós através do nosso e-mail e aproveite e conheça outras delícias em O-TUGA na cozinha.

E como dizem os portugueses: Bjinhos, até logo, com licença… vá, vá, vá!

 

? Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Imagem via Acervo Pessoal

Loraine Eira
CO-Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!

Comentários

comentários

Loraine Eira

Loraine Eira

CO-Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!