o-tuga na cozinha

O famoso Pão de Deus

Pão de Deus
Caroline Eira
Escrito por Caroline Eira

O pão de Deus, além de ser único, é uma delícia de lanche a ser apreciada a qualquer hora do dia: Do café da manhã à ceia. Você pode comer este pão com ou sem recheio – mas ainda sugiro que você experimente com fiambre e queijo ou com uma geleia.

O pão de Deus também é conhecido como Estaladinho ou Arrufada, dependendo da região. Todavia, nem sempre a Arrufada corresponde ao Pão de Deus, que tem como característica a cobertura de coco, levando elas somente o açúcar.

Agora o mais intrigante foi descobrir a origem do Pão de Deus!

Você sabia que a sua origem está relacionada com o Dia de Todos os Santos (1 de novembro no Brasil)? Visto até hoje em algumas regiões portuguesas, as crianças saem às ruas e pedem, de porta em portão, pelo ‘Pão-por-Deus’ (ou pelo ‘bolinho’), recitando versos. Elas recebem, como oferendas, em seus sacos de panos: broas, pão, bolo, romãs e frutos secos, tremoços, amêndoas, etc.

O Dia de Todos Santos, também conhecido como o ‘Dia do Bolinho’, ou melhor, dia de todos os fiéis defuntos, era o dia em que se repartia muito pão cozido pelos pobres.

O que me encanta é que há muitas famílias que têm essa preocupação de passar esta bela tradição aos seus filhos e netos. Há escolas portuguesas que, geralmente, convidam as avós dos alunos para fazerem estes bolinhos deliciosos, a fim de preservar a importância de uma tradição de seu cultura local.

Ficou com vontade de experimentar esse bolinho delicioso?

Assista o vídeo abaixo e anote a receita!

Outra sugestão:

 

O-TUGA NA COZINHA

 

Ingredientes para o pão
  • 100g margarina
  • 2 c. sopa de rum
  • 20g fermento de padeiro
  • 125g açúcar
  • 350ml de leite morno
  • 2 ovos
  • 625g farinha
  • Raspa de meio limão
  • 1 pitada de sal

 

Ingredientes para a cobertura
  • 100g açúcar
  • 100g coco ralado
  • 3 ovos
  • açúcar em pó

 

Modo de preparação
  1. Comece por dissolver o fermento em 50ml do leite morno.
  2. Num alguidar, coloque 125g de farinha e faça um buraco no meio, onde deve deitar o fermento diluído no leite e os 2 ovos. Misture muito bem e deixe levedar até a massa crescer bastante.
  3. Noutro alguidar, deite a restante farinha e no centro junte a margarina mole e o açúcar. Acrescente também a pitada de sal, o rum, a raspa de limão e a massa já levedada.
  4. Amasse tudo muito bem, acrescentando o restante leite em pequenas porções, até ficar uma massa homogénea. Deixe levedar novamente até a massa dobrar de tamanho.
  5. Forre um tabuleiro de ir ao forno com papel vegetal.
  6. Divida a massa em pequenas bolas e disponha-as no tabuleiro. Deixe levedar novamente.
  7. Para preparar a cobertura, misture o coco com o açúcar e os ovos.
  8. Pegue em pedaços desta mistura e coloque por cima das bolinhas (depois de levedadas) que já estão no tabuleiro.
  9. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus, durante cerca de 35 minutos.
  10. Retire o tabuleiro do forno e polvilhe os pãezinhos com açúcar em pó.

 

Esta receita de pão de Deus é deliciosa e, embora tenha vários passos na fase de preparação, é de fácil confecção. O resultado é uma doçura que pode ser comida simples ou com manteiga e compotas. Experimente e comprove o valor desta tradição.

Fonte

😉 Gostaria de mais informações, nos acrescentar algum dado ou nos alertar quanto a algum possível erro?

Envie um e-mail a contato@o-tuga.com

Comentários

comentários

Sobre o autor

Caroline Eira

Caroline Eira

Tradutora freelancer e professora de inglês, paulistana, apaixonada pelos idiomas Inglês e Alemão, ama viajar e conhecer novos países, novas culturas e fazer novas amizades!