Turismo em Portugal

Roteiro de um dia em Lisboa, Portugal

Roteiro de um dia em Lisboa, Portugal
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

Roteiro de um dia em Lisboa, Portugal – Quando você está muito bem acompanhado, o dia voa! Foi assim meu final de semana.

Quando morei na Irlanda fiz amizade com uma carioca IN-CRÍ-VEL! Simpatia é o sobrenome da Roberta! Ela, Roberto (pai) e Paul (marido – irlandês) vieram passear na terrinha, e claro, tínhamos que nos ver!

Nos encontramos Domingo para turistar, e apesar do pouco tempo, eu te garanto que um dia em Lisboa valerá a pena! Não digo isso apenas para quem esta vindo de outro país. Muitas vezes, as pessoas deixam sempre o passeio turístico para outro dia e vão postergando, postergando… até terem a iniciativa de ir. Saia do sofá e faça seu dia valer a pena!

Transporte

Bom, para começar eu e o Tales saímos de Montijo rumo a Lisboa. Usamos o Cartão VIVA e foi super prático! Em 40″ estávamos na Gare do Oriente para pegar o metro. Lá, fomos da Estação Oriente até o Cais do Sodré, pois infelizmente não existe metro diretamente para Belém. Sim, nossa primeira etapa será encontrar nossos amigos na Torre de Belém!

Bom, pagamos 0,50€ na emissão do cartão quando chegamos ao Cais do Sodré mais 1,25€ para o trajeto até Belém. O percurso foi super rápido, e como vocês podem ver, foram apenas 3 estações.

Comboio Lisboa

Belém

Chegamos em Belém. No caminho andando até a Torre, você pode contemplar o Padrão dos Descobrimentos. É lindo, mas infelizmente pegamos em reforma bem esse final de semana e não tiramos foto lá com nossos amigos.

Depois de andar um pouquinho, chegamos finalmente na Torre de Belém e lá encontramos nossos amigos. Foi incrível o reencontro depois de 1 ano e meio longe de Dublin!

Torre de Belem

Estávamos num lugar lindo! A Torre é um encanto por si só! Classificado em 1983 pela UNESCO como Patrimonio Cultural de toda a Humanidade o local é completamente cheio de turistas que pelo menos tiram uma foto em frente da construção realizada estrategicamente à margem do rio Tejo entre 1514 e 1520. Um verdadeiro tesouro do reinado de D. Manuel I.

De lá, passamos pelo Mosteiro dos Jerónimos e fomos rumo ao famoso Pastel de Belém. Tudo muito perto!

Lisboa Jeronimos

Chegamos, e claro, uma super fila!

Pastel de Belem

Resolvemos entrar e tomar um café! Com muita calma aguardamos a fila. O importante era estarmos reunidos com grandes amigos e aproveitar o tempo que tínhamos juntos. A fila não foi nada!

Aguardamos com calma, mas com muita ansiedade de provar os pastéis. Enfim, sentamos, provamos e estavam como sempre UMA DELÍCIA!

Pastel de Belem

Praça do Comércio e arredores

Tínhamos a tarde livre e resolvemos ir do Pastel de Belém ir para a Praça do Comércio.

Pegamos o Carris em frente ao Pastel de Belém e pagamos dentro do transporte (sem cobrador) o valor de 2,85€. O trajeto é super rápido e em questão de minutos chegamos a Praça do Comércio (também conhecido como Terreiro do Paço). Atualmente, um local com ótimos restaurantes que fazem vários turistas optarem em conhecer a área e parar para uma bebida ou até mesmo para uma agradável refeição.

Praça do Comércio

Agora, para mim, o que mais chama atenção ao local é o Arco da Rua Augusta. Vejam como os detalhes enriquecem a obra!

Arco Rua Augusta

Que construção linda, cheia de detalhes! Com certeza um arco triunfal em Lisboa! Você não pode passar por lá sem ter a recordação de uma foto. Pois… Aproveitamos para tirar fotos, passear e fomos andando a Rua Augusta. Movimentadíssima como sempre! Lá, artesanato, lojas e restaurantes portugueses.

Pastel de Bacalhau

Pausa para um bolinho de bacalhau (como nós brasileiros chamamos)?

Claro! E a pausa será onde eu provei o melhor de todos os bolinhos! Sem dúvidas, na Casa Portuguesa do Pastel de Bacalhau. O mesmo é vendido com queijo da Serra da Estrela. Claro, quem não gosta de queijo pode pedir sem, mas eu te garanto que vale e muito a pena! Tem um gosto, um toque especial!

Pastel de Bacalhau

O local é super agradável e tivemos a sorte de encontrá-lo vazio (acredite, nunca vimos vazio!).

Meus amigos viram como eles preparavam o bolinho e depois subimos para comer. Lá em cima, uma bela música de Fado para que eles pudessem se sentir realmente numa casa portuguesa.

Elevador Santa Justa

Depois, passamos em frente ao Elevador Santa Justa. O elevador dá acesso ao Convento do Carno e as belas ruínas históricas decorrentes do terremoto de 1755.

Elevador Lisboa

Continuamos seguindo em frente até chegarmos a Praça Dom Pedro IV, popularmente chamada de Praça do Rossio. Lugar super agradável! Possui uma fonte d’água e também é a morada do Teatro Nacional Dona Maria II.

Rossio

De lá, seguimos viagem de metro rumo as nossas casas, e nossos amigos, rumo ao Hotel. Com certeza, um dia inesquecível para todos nós!

Espero que, assim como nós, tenham gostado.

Até mais!

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail a contato@o-tuga.com | Imagem via autora e Pixabay.

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!