Curiosidades

As estações de comboio mais bonitas de Portugal

Estações de comboio de Portugal
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

Houve um tempo onde faziam-se deslumbrantes construções. Aquelas que exalavam beleza e eram motivo de orgulho, sinónimo tradição, cultura e bom gosto.

Das mais belas estações de comboio do mundo, com certeza podemos citar as portuguesas.

O esplendor e a exuberância dos detalhes fazem das estações que vou mencionar, uma das mais bonitas estações de comboio do mundo. Uma verdadeira jóia arquitectónica! Portanto, preste atenção nas dicas de estações de comboio para que você possa visitar e explorar durante sua viagem em Portugal:

Estação de São Bento – Porto

estações de comboio mais bonitas de Portugal

“Estação dos Caminhos de Ferro de São Bento”, conhecida popularmente como Estação de São Bento, inclui painéis de azulejos, a gare metálica e a boca de entrada no túnel.

Como você pode ver na foto acima, a Estação de São Bento é totalmente decorada e revestida com cerca de vinte mil azulejos executados em azul e branco pelo pintor Jorge Colaço, tornando a estação um dos maiores monumentos da azulejaria já vistos.

Este edifício localizado no coração da cidade, na Praça de Almeida Garrett, foi construído durante o século IX, sobre os escombros de um antigo convento e projetado pelo arquitecto José Marques da Silva.

Segundo o The Telegraph, jornal britânico standard publicado em Londres, Portugal destaca-se nas mais incríveis estações de comboio: “A característica mais notável da Estação de São Bento do Porto são os maravilhosos painéis de azulejos que retratam cenas da história portuguesa. Eles são o trabalho de Jorge Colaco e mostram eventos incluindo a Batalha de Valedez e a Conquista de Ceuta. A estação foi inaugurada em 1916”.

De facto, a Estação de São Bento é uma visita mandatória para quem está de passagem pelo Porto. A mesma esta inserida na zona do Património Mundial e classificada como imóvel de interesse público.

Estação do Rossio – Lisboa

Edifício em estilo manuelino através do trabalho do arquitecto José Luís Monteiro, a Estação Ferroviária do Rossio, originalmente conhecida como “Gare do Rocio” ou “Estação Central de Lisboa”, está situada entre a Praça do Rossio e a Praça dos Restaurados, destinada a ligar a cidade à Linha de Sintra.

Uma das estações mais encantadoras do mundo, assim como a Estação de São Bento, a Estação do Rossio é classificada como Imóvel de Interesse Público.

Com o famoso relógio situado ao meio da construção e uma entrada principal totalmente inusitada com arcos em formato de ferradura, esta estação é uma atração para turistas que visitam Lisboa. Um encanto! Nos faz admirar cada vez mais Portugal.

Estação de Comboio Pinhão – Alijó

Construída no século XIX, esta estação é muito apreciada pelos amantes de azulejos e cativa a todos que passam por ali.

A Estação do Pinhão, localizada na margem direita do rio Douro, é um grande exemplo de  exemplar da arquitectura ferroviária portuguesa. Possui o total de 24 painéis, um total de 3047 azulejos, que tornam Pinhão um destino memorável!

Os painéis de azulejos foram encomendados em 1937 à Fábrica Aleluia, em Aveiro, para que o artista J. Oliveira, pudesse dar um toque especial à estação portuguesa a partir de registros fotográficos sobre a região do Douro.

O resultado? Representações de paisagens, Panorama do Pinhão, região duriense, cestos típicos do Douro, costume do Douro, vindimadeira, as pisas de uvas, o transporte do vinho em barco Rabelo pelo Rio Douro às caves em Vila Nova de Gaia. É simplesmente magnífico! Uma verdadeira obra de arte.

Infelizmente esta estação é uma das únicas preservadas na linha do Douro. A maioria aparenta estar abandonada.

Estação de Comboio de Aveiro

Uma surpresa chegar em Aveiro e nos depararmos com o lindo edifício da Estação.

O antigo edifício possui uma fachada totalmente decorada com azulejos policromos em tons azuis e amarelos, com representações das actividades tradicionais e culturais da região com alguns dos mais populares elementos como o pescador, a peixeira, o canal central de Aveiro, as salinas, entre outros.

Estação Gare do Oriente

E por último, gostaria de mostrar o contraste de estrutura das estações anteriores com a arquitectura mais moderna do país: a Estação Gare do Oriente em Lisboa.

A Gare do Oriente ou Estação Ferroviária de Lisboa – Oriente, situa-se junto à Avenida D. João II onde foi projectada pelo arquitecto Santiago Calatrava e  inaugurada no dia 18 de Maio de 1998 para servir a Expo’98 e também, o Parque das Nações.

A estação é diariamente muito procurada por turistas mas também muito frequentada por residentes que utilizam os transportes coletivos como metro, autocarro e comboio.

Viaje! 

Agora, imagine que você vai viajar por algumas cidades em Portugal e de repente você desce em uma dessas lindas estações. Você vai ficar deslumbrado!

E acredite… Isso acontece diariamente com muitas pessoas que chegam através das estações de comboio em Portugal.

Boa viagem e até a próxima!

Até mais!

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail a contato@o-tuga.com | Conteúdo Telegraph | Imagem via acervo próprio, Bruno Martins Photography, Paulo Chaves Fotografia e Pixabay.

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!