Dia-a-dia

Programa Praia Saudável em Portugal

Praia Saudável em Portugal
Loraine Eira
Escrito por Loraine Eira

Programa Praia Saudável em Portugal contribui para maior segurança e para diminuir afogamentos nas praias.

O Programa Praia Saudável tem como objetivos prioritários contribuir para o aumento da segurança e qualidade ambiental das praias, bem como das acessibilidades para pessoas com mobilidade condicionada, e ainda fomentar o desenvolvimento de uma cultura de segurança entre os banhistas.

Efetivamente, em 12 anos de existência, permitiu efetuar 743 salvamentos a banhistas e dar assistência a 1.220 pessoas, durante as épocas balneares.

No âmbito do Programa Praia Saudável foi implementada uma Rede Privada Virtual de Comunicações (VPN) disponível ao público, através da qual os nadadores-salvadores podem ser alertados para potenciais situações de emergência. A VPN permite a comunicação entre os postos de praia e as Capitanias dos Portos, o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), os números de emergência nacionais e outros números identificados como relevantes no suporte a situações de emergência. Esta rede integra 268 postos de praia, mais de 700 contactos e já foram realizadas mais de 350 mil chamadas através da VPN.

Promovido desde 2005 pela Fundação Vodafone Portugal em parceria com a Autoridade Marítima Nacional, a Agência Portuguesa do Ambiente, o Instituto Nacional para a Reabilitação e a Associação Bandeira Azul da Europa, este programa abrange atualmente 185 zonas balneares de Portugal Continental e Regiões Autónomas.

Através da disponibilização de equipamentos, doados pela Fundação Vodafone, nas vertentes de segurança, acessibilidades e gestão ambiental, bem como da promoção de ações de sensibilização nestas áreas, o Programa Praia Saudável tem vindo a desenvolver um importante trabalho no que diz respeito à prevenção, sensibilização e criação de espaços mais inclusivos nas zonas balneares portuguesas.

A App Praia Directo, que fornece dados sobre as condições meteorológicas, temperatura da água, segurança e acessibilidade das zonas balneares, dá a conhecer, por exemplo, o risco de exposição solar ao longo do dia, podendo visualizar-se o período horário em que os índices ultravioletas atingem níveis máximos. A medição dos parâmetros é realizada em tempo real através de estações de monitorização autónomas alimentadas por painéis solares.

Alguns números de balanço dos 12 anos de programa:

  • Abrange 185 zonas balneares
  • 300 mil crianças impactadas nas campanhas de sensibilização, designadamente a campanha Verão de Campeão
  • 743 salvamentos de banhistas
  • 1.220 pessoas assistidas
  • 155 cadeiras anfíbias doadas, o que permitiu o banho de mar a cerca de 20 mil pessoas com necessidades especiais
  • Doação de 124 passadeiras acrílicas e 124 painéis informativos em Braille
  • Doação de vários os equipamentos disponibilizados na vertente de segurança, como motas de salvamento marítimo, torres de vigia, macas flutuantes, veículos de resgate 4×4, entre outros
  • Fornecimento de telefones móveis aos nadadores-salvadores e atribuído um número telefónico a 268 postos de praia abrangidos pelo programa
  • Implementação de uma VPN (Virtual Private Network) que veio auxiliar a comunicação entre os postos de praia, Capitanias de Porto, Instituto de Socorros a Náufragos, Bombeiros Municipais e Locais, números de emergência nacionais e outros, identificados como relevantes no suporte a situações de emergência, estando integrados nesta rede mais de 700 contactos telefónicos
  • Distribuição de mais de 4,5 milhões de cinzeiros de praia
  • Disponibilização de 15 quiosques de madeira para apoio a atividades de educação ambiental promovidas nas praias, e 25 máquinas de limpeza ao areal

Especialmente no Verão, as zonas balneares revelam um elevado risco de ocorrência de acidentes, muitas vezes devido ao não cumprimento das regras de segurança, mas há também outras áreas relevantes, a nível de poluição no areal e de carência de acessibilidade, que levaram a Fundação Vodafone Portugal a assumir a dinamização do Programa Praia Saudável, onde conta com a parceria de diversas entidades que uniram esforços neste Programa.

Legenda fotográfica:
  • Dr. José Archer, Presidente da Associação Bandeira Azul;
  • Dr. Nuno Lacasta, Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente;
  • Vice-almirante Luís Carlos de Sousa Pereira, Diretor-geral da Autoridade Marítima;
  • Dr. Mário Vaz, Presidente da Fundação Vodafone Portugal;
  • Dr. Humberto Santos, Presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional para a Reabilitação.

Até mais!

Confira mais vídeos no nosso Canal do Youtube

Gostaria de nos acrescentar alguma informação ou nos alertar quanto a algum possível erro? Envie um e-mail a contato@o-tuga.com | Conteúdo de emirec.

o-tuga-assessoria-em-portugal

Comentários

comentários

Sobre o autor

Loraine Eira

Loraine Eira

Fundadora do O-TUGA, é colecionadora de carimbos no passaporte e de fotografias. Se apaixonou por Dublin em seu intercâmbio em 2014 mas escolheu a terra dos tugas para criar raízes em 2015. Definitivamente, uma paulistana que resolveu deixar São Paulo para descobrir o mundo!!!